sexta-feira, 30 de março de 2012

“E quantas e quantas vezes você se pegou chorando na frente da tela de um computador, ouvindo uma musica que te faz lembrar de momentos únicos que não voltarão, de pessoas que te abandonaram? E quantas e quantas vezes você se pegou triste e solitário carente de um abraço sincero e de alguém que te escutasse e só o que você tinha era sua cama e seu cobertor? E quantas e quantas vezes você mentiu para si mesmo dizendo que amanhã ficaria tudo bem e o tempo se encarregaria de fazer tudo melhorar? E quantas e quantas vezes você leu algo e pediu aos céus para que fosse mentira ou para que simplesmente a dor fosse embora?”

Sem comentários:

Enviar um comentário