domingo, 1 de abril de 2012

opá!

Tu não percebes isto, e aí está o problema, porque se fosse outra pessoa a falar menos bem comigo, se fosse alguém que eu não quisesse saber, eu não ficaria a pensar, eu não ficaria triste, mas não! ÉS TU! Não é outra pessoa! Daí todos os exageros, mesmo quando ainda namorávamos. Eu sei que já devia ter-me deixado disso, mas tu não sabes o quanto é difícil. M.

Sem comentários:

Enviar um comentário