terça-feira, 13 de agosto de 2013

A "quase" história

Tudo começou quando uma amiga minha me disse que a tal pessoa me acha (achava) gira, porque o namorado dela lhe disse e são amigos, e eu fiquei "wow mas eu também o acho giro", então daí passaram uns tempinhos e nada, e ele voltou para a ex namorada, depois lá acabaram outra vez e a minha amiga e o namorado da altura fizeram com que nos conhecesse-mos numa festa que iria haver, e assim foi, lá foi um "olá" e dois beijinhos cheia de vergonha. E lá passaram uns dias, depois fui falar (com MUITO MEDO) e pronto começámos a falar, isto tudo durante meses.. Ultimamente as coisas estavam melhores, as conversas eram melhores, dizia o que queria sem medo de dizer algo parvo, convivia mais em saidas a noite e assim com o grupo dessa pessoa, e parecia que estavam as coisas encaminhadas para o tal festival. 
Então agora vou escrever o que interessa, estava/estou (ou nem sei) nele, queria um curte vá, acho que tem (ou tinha porque neste momento..enfimm) um ar fofo, e depois chego lá (anteriormente ele ja tinha dito que queria que eu fosse) e "pica", demonstra um pouco de interesse (embora a meu ver não suficiente mas pronto), e depois lá "convidou" para ir à "cena" mas tive que recusar porque sinceramente tive medo que estivesse a gozar e porque nesse mesmo dia (isto foi prai no quarto ou terceiro dia do festival) ele tinha tido oportunidade de fazer algo e nadaaa! Enfim, então na última noite, depois de muita insistência da parte das outras pessoas lá fui, com muito medo porque a auto-estima não abunda para estes lados, e o que acontece?? Diz que tem sono ou que está a dormir ou lá o que foi.. e eu parva ainda lá fui a segunda vez, e responde ainda pior com "porra......".. Sinceramente foi uma das piores ou mesmo a pior figura de parva que  já fiz, nunca me tinha acontecido algo do género, ainda por cima com alguém que supostamente queria tanto como eu, andou a fazer perguntas sobre mim aos amigos, e eles insistiram mesmo muito para que fosse lá. Era "agora ou nunca" como disseram mesmo.. enfim.. isto deixou-me pior que estragada e acho que ainda nem recuperei, eu tenho super medo de agir mal, penso sempre muito antes de alguma decisão,  neste caso perguntei várias vezes se não me iria arrrpender , garantiram-me que não. E depois eles só diziam "é mesmo parvo" "Mas quem é que desperdiça?!" "Diz uma coisa, faz outra". 
Sinto-me ridícula.

Sem comentários:

Enviar um comentário